Perguntas
Frequentes

O QUE É UM IMPLANTE DENTÁRIO?

Implantes dentários são suportes de titânio, semelhantes a um parafuso, posicionados cirurgicamente no osso maxilar abaixo da gengiva, para substituir as raízes dentárias. Uma vez instalados, permitem afixar dentes substitutos sobre eles.

QUAIS OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS E VANTAGENS DO IMPLANTE DENTÁRIO EM RELAÇÃO AOS OUTROS TIPOS DE TRATAMENTOS PARA REABILITAÇÃO ORAL?

Os implantes, ao contrário de outros tratamentos, possibilitam que o paciente substitua um ou mais dentes perdidos, sem a necessidade de desgastar os dentes vizinhos não comprometidos.

Comparado às pontes fixas, os implantes dentários podem ser confeccionados por elementos unitários e separados, assim facilitam a higienização e possibilitam ao paciente a utilização do fio dental entre os dentes.

Em relação às próteses removíveis, os implantes dentários melhoram a capacidade de mastigação e o paladar, além de proporcionar maior estabilidade, evitando situações de constrangimento pela queda ou perda de próteses removíveis (dentaduras e roach).

QUAL O PROCEDIMENTO PARA A COLOCAÇÃO DE IMPLANTES DENTÁRIOS?

A cirurgia para colocação de implantes dentários é, na maioria das vezes, um procedimento rápido, eficaz e pouco traumático.

De forma geral, essa intervenção é dividida em duas etapas. Na primeira etapa, denominada de fase cirúrgica, são instalados parafusos de titânio na mandíbula ou maxila do paciente. Após a fixação destes parafusos, é necessário aguardar o período de osseointegração, que consiste na união estável e funcional do parafuso de titânio ao osso do paciente. Na segunda etapa, é adaptada uma prótese semelhante ao dente natural no parafuso anteriormente fixado e osseointegrado. A prótese pode ser unitária ou agrupada, dependendo do plano de tratamento.

Por fim, a Clínica oferece o serviço de sedação consciente do paciente, acompanhado por médico anestesiologista especializado, tornando seu tratamento o mais tranqüilo possível.

EXISTEM IMPLANTES DENTÁRIOS SEM CORTE?

Não existe cirurgia para instalação de implantes sem corte. O que é possível, e divulgado sem o devido esclarecimento pela mídia, é o planejamento virtual do procedimento, através de software específico para afixar o parafuso da maneira menos invasiva possível.

Todavia, mesmo através deste procedimento, é necessária a realização de cortes, pois é impossível a fixação de um parafuso no osso sem que esse atravesse a gengiva.

Estas cirurgias, erroneamente denominadas de “implante sem corte”, diferenciam-se pela possibilidade de confecção de um guia cirúrgico prototipado a partir da tomografia computadorizada. Com esses dados, o cirurgião visualiza a posição exata dos implantes e pode realizar o procedimento de forma precisa, reduzindo o corte, sem exposição do osso, possibilitando uma recuperação mais rápida e confortável.

Esta técnica é oferecida por nossa Clínica, salientando que cada caso depende de um planejamento prévio específico, onde a melhor solução será tomada a partir de um diagnóstico individual, com exames detalhados, para que o sucesso seja alcançado.

QUALQUER PESSOA PODE COLOCAR IMPLANTES DENTÁRIOS?

É necessário agendar uma consulta clínica para avaliação criteriosa de cada caso individual. Atualmente, existem técnicas avançadas que permitem a colocação de implantes dentários na maioria dos casos. É importante recompor as regiões de dentes perdidos o mais rápido possível, para que a perda óssea no local edêntulo não avance excessivamente.

IMPLANTES DENTÁRIOS SÃO DURÁVEIS?

Existem estudos científicos que comprovam a durabilidade de implantes dentários por período superior a 35 anos. Portanto, são duráveis. Entretanto, os fatores mais importantes para o sucesso do implante dentário e sua durabilidade estão diretamente associados aos cuidados com higiene e retornos periódicos ao consultório odontológico. Assim como os dentes naturais, os implantes dentários demandam cuidados específicos.

É POSSÍVEL PERDER UM IMPLANTE DENTÁRIO? NESTA HIPÓTESE, É POSSÍVEL REPETIR A CIRURGIA?

O índice de sucesso no tratamento com implantes dentários, conforme estudos científicos, é superior a 95%. Todavia, como todo o procedimento cirúrgico, existem casos nos quais o tratamento não alcança o fim almejado. Isso ocorre, principalmente, por infecção no pós-operatório ou falha na cicatrização do osso ao redor do implante. São fatores do próprio organismo do paciente, que possuem difícil previsão e controle. Em caso de perda do implante a cirurgia pode ser repetida e certamente valerá a pena, pois a reabilitação com implante dentário proporciona grandes benefícios.

O FUMO PREJUDICA OS IMPLANTES?

O fumo é prejudicial, tanto no período de cicatrização, quanto no período de manutenção dos implantes dentários. A nicotina e os componentes químicos presentes no cigarro afetam a saúde dos dentes normais e, também, a saúde dos tecidos ao redor dos implantes, podendo ocasionar a perda ou o comprometimento de ambos.

COMO É O PÓS-OPERATÓRIO DA INSTALAÇÃO DE IMPLANTES DENTÁRIOS?

Técnicas recentes e equipamentos modernos permitem que o procedimento para a instalação de implantes dentários sejam pouco traumáticos. Na maioria das vezes, pacientes submetidos à instalação de implantes dentários não apresentam desconfortos significativos no pós-operatório. Laserterapia e sedação consciente estão disponíveis para proporcionar ainda mais conforto.

TODOS OS DENTES CLAREIAM? E AS RESTAURAÇÕES?

Dentes naturais sempre clareiam com o tratamento. Já as restaurações e as porcelanas não clareiam. Caso haja diferença na cor das restaurações e porcelanas após o clareamento, é possível substituí-las, utilizando cores próximas da nova coloração do dente submetido ao clareamento.

Fatores individuais do organismo de cada paciente, assim como seus hábitos, também influenciam na obtenção de melhores resultados.

CLAREAMENTO ENFRAQUECE OS DENTES?

Não, de forma alguma. O clareamento somente traz benefícios estéticos para o paciente, pois eventual perda de qualquer mineral presente no dente é revertida pela ação da saliva, em pouco tempo.

O CLAREAMENTO CAUSA SENSIBILIDADE NOS DENTES?

A incidência de sensibilidade é muito variável. Nem todos os pacientes apresentam esse incomodo. A eventual sensibilidade nos dentes submetidos ao clareamento é sempre reversível e dura apenas durante o tratamento. Existem técnicas para controle dessa possível sensibilidade.

QUAIS SÃO AS VANTAGENS DOS APARELHOS ORTODÔNTICOS AUTO-LIGADOS EM RELAÇÃO AOS TRADICIONAIS?

Os aparelhos ortodônticos auto-ligados, ao contrário dos tradicionais, eliminam a necessidade do uso de ligaduras elásticas ou de aço.

O design inovador, associado a um mecanismo singular, minimizam o atrito e reduzem as forças aplicadas utilizadas nos aparelhos tradicionais.

Com os aparelhos ortodônticos auto-ligados os dentes se movimentam de maneira mais rápida e confortável, tornando os tratamentos surpreendentemente mais rápidos e com um menor número de consultas.

E, na a maioria dos casos, permite um tratamento sem extrações de dentes e sem uso de aparelhos auxiliares.

QUAL O PERÍODO IDEAL PARA VISITAR O DENTISTA?

O período ideal é de 6 em 6 meses. Em casos especiais, o paciente poderá ser orientado a retornar com maior frequência ao consultório odontológico.

Join our
mailing list

to stay up date

Please enter a valid e-mail